Fábulas

Fábulas

Posted on: abril 15, 2009

Fábulas

Fábula

A fábula é uma narrativa alegórica, em forma de prosa ou verso, cujos personagens são geralmente animais com características humanas, sustentam um diálogo que reflete uma lição de moral. A temática é variada e contempla tópicos como a vitória da fraqueza sobre a força, da bondade sobre a astúcia .Há sempre uma uma frase a ensinar-nos alguma coisa para não cometermos erros. Se você não sabe, a fábula pode se transformar em conto.

O ladrão e o cão de guarda

Um ladrão veio à noite com o intuito de asssaltar uma casa. Ele trazia consigo vários pedaços de carne, para que pudesse acalmar um bravo cão de guarda que vigiava o local. A carne serviria para distraí-lo, e assim não chamar a atenção do seu dono com latidos.

Assim que o ladrão jogou os pedaços de carne aos pés do cão, este exclamou:

Se você estava querendo calar a minha boca, cometeu um grande erro. Tão inesperada gentileza, apenas serviram para me deixar mais ainda atento. Sei que por trás dessa cortesia sem motivo, você deve ter algum interesse oculto para beneficiar a si mesmo e prejudicar o meu dono.

                                                                                              Autor: Esopo

Moral: Gentileza inesperada é a principal característica de uma pessoa com más intenções.

Quem não gosta de ler ou ouvir alguém contar histórias?  Todos nós, por certo, gostamos de ouví-las, contá-las, lê-las, vê-las. Contar histórias é uma coisa que o ser humano aprende a fazer desde muito cedo. As crianças pequenas contam sobre o que aconteceu com ela na escola, nas brincadeiras com os amigos; os adultos recontam filmes vistos, livros lidos, situações vividas. Somos, portanto, grandes contadores de histórias.

Como neste bimestre, estudamos, lemos, assitimos e ouvimos diversas fábulas, escreva a que mais chamou a sua atenção, e justifique o porquê de sua escolha. Não esqueça da MORAL.

About these ads

25 Respostas para "Fábulas"

A raposa e a Cegonha
A raposa e a cegonha mantinham boas relações e pareciam ser amigas sinceras. Certo dia, a raposa convidou a cegonha para jantare,por brincadeira, botou na mesa apenas um prato raso contendo um pouco de sopa. Para ela, foi tudo muito fácil, mas a cegonha pode apenas molhar a ponta do bico e saiu dali com muita fome.
-Sinto muito, disse a raposa, parece que você não gostou da sopa.
-Não pense nisso, respondeu a cegonha. Espero que,em retribuição a esta visita, você venha em breve jantar comigo.
No dia seguinte, a raposafoiu pagar a visita. Quando sentaram à mesa, o que havia para jantar estava contido num jarro alto, de pescoço comprido e boca estreita, no qual a raposa não podia introduzir o focinho. Tudo o que ela conseguiu foi lamber a parte externa do jarro.
-Não pedirei desculpas pelo jantar, disse a cegonha, assim você sente no próprio estômago o que senti ontem.
MORAL : Quem com ferro fere com ferro será ferido.
Escolhi essa fábula ,pois ela nos ensina que se nós fizermos ou desejarmos coisas ruins para alguém, a coisa ruim que desejamos voltará para nós.

A Galinha e os ovos de ouro

Um camponês e uma camponesa tinham uma galinha que todo dia, sem falta, botava um ovo de ouro.

Supondo que dentro dela havia uma grande quantidade de ovos de ouro ,eles então a sacrificam, para enfim pegar tudo de uma só vez.

Então ,para a surpresa dos dois, viram que a ave, em nada era diferente das outras galinhas .

Assim, o casal de tolos, desejando enriquecer de uma só vez , acabaram por perder o ganho diario que ja tinham assegurado .

Moral da história ,

Quem tudo quer,tudo perde

Eu escolhi esta fábula porque achei ela muito interresante, mostra que se você quer uma coisa depressa você vai perder essa coisa.

O grilo e o peixe

Um dia, o grilo falou para o peixe:
- Vamos apostar uma corrida?
O peixe falou que era muito rápido e o grilo ficou bravo.
Depois de duas horas, eles se encontraram para começar a corrida. O peixe dormiu enquanto o grilo corria, depois de um tempo o peixe acordou mas já era tarde, e o grilo ganhou a corrida.

A tartaruga e a lebre
Era uma vez uma tartaruga e uma lebre.
A lebre que se achava a mais rápida, desafiou a tartaruga que era bem lenta e a tartaruga aceitou.
E eles foram para a largada.
A lebre disparou na frente da tartaruga .
Mas como a lebre era rápida resolveu descansar. Ela ficou embaixo de uma bela árvore se protegendo do sol escaldante, mas em vez de descansar, a lebre dormiu.
A tartaruga indo ,indo e indo, até que ela passou a lebre.
Quando a lebre acordou era muito tarde para ganhar, a tartaruga estava cruzando a linha de chegada e a tartaruga ganhou.

Moral da história: Devagar e sempre se ganha a corrida.

O grilo e a formiga

Um belo dia, o grilo estava pegando frutas para o inverno, depois apareceu a formiga que falou para o grilo
_Grilo, vamos brincar lá fora?
O grilo respondeu:
-Não vou, porque estou pegando frutas para o inverno. E você, não vai pegar?
-Não.
O inverno e o grilo estava com muitas frutas, mas a formiga estava sem comida. E ao grilo ofereceu comida para a formiga para todo o inverno.

Oiii, eu vou contar uma fábula que fala que não se deve julgar pela a aparência !

O patinho feio

Era um dia muito, muito lindo e os patinhos iriam nascer !
A mãe pata estava super ansiosa para que nascesse um menino! Então os ovos começaram a rachar, eles saíram andando atrás da mãe pata!
Mas quando ela olhou para os seus filhos viu que algo estava errado! Ham ..Havia um patinho que era todinho branco.
O tempo passou e ele começou a crescer e só porque ele era branco, os imãos dele ficavam tirando sarro dele !
E o patinho que ficava muito, muito magoado porque ele era diferente dos outros. Ele saiu nadando com a cabeça baixa .
Mas depois que ele ficou um bom tempo longe da mãe pata, do pai pato e dos irmãos, ele encontrou uma família que era muito, muito parecida com ele .
Ele começou a brincar e foram felizes para sempre !

Olá , vou contar uma fábula que fala sobre o pastor e suas ovelhas !!!!!!

O pastor e as ovelhas !!!
Em uma cidade , existia um pastor que cuidava de suas ovelhas, para enganar a aldeia ele sempre gritava:
-O lobo , o lobo !!!!
Os moradores da aldeia sempre achavam que isso era verdade e iam socorrer o menino !! Mas o problema era que isso tudo era mentira .
No dia seguinte, ele fez a mesma coisa, mas desta vez o lobo estava realmente roubando suas ovelhas. Os moradores da aldeia não acreditaram desta vez, porque eles achavam que era mentira .
Pois é, o pastor ficou sem suas ovelhas por causa da mentira …
Moral: Se você mentir para as pessoas que confiam em você , essas pessoas vão deixar de confiar em você e não vão acreditar em nada que você falar …

O leaõ e o rato

Um dia na floresta, um leão estava morrendo de fome e achou um rato que estava morrendo de medo do leão e então o leão pegou o rato e falou que iria comê-lo, só que o rato pediu por favor para o leão não comê-lo, então o leão o soltou e o o rato falou que iria retribuir.
Um dia o leão ficou preso numa rede de caçador. Lembram que o rato falou que ia retribuir, então o rato foi lá e roeu a rede e o leão se soltou.
Linda história, não é?

O garoto e as ovelhas.

Uma vez um garoto estava a fim de brincar com os camponeses e inventou que havia um lobo roubando os ovos.
Os camponeses acreditaram no menino e foram ver, quando os camponeses chegaram o menino estava rindo por enganá-los.
Então, o menino aprontou novamente e os camponeses acreditaram novamente nele.
O menino exclamou:
-Lobo,loboooooo!!!!
Os camponeses foram ver.
O menino olhou os pastos e viu o lobo bem no meio roubando as ovelhas.
E desta vez os camponeses não acreditaram no menino, e lá se foram as ovelhas.

Moral:não deveras mentir.

Era uma vez uma lebre que se achava a melhor… Um dia, a tartaruga apostou uma corrida com a lebre.
A lebre aceitou e falou:
-Vamos correr às 14:00h, na pista.
A tartaruga disse:
-Esta bem,vou me preparar.
Então às 14:00h começou a corrida, com a lebre saindo na frente e a tartaruga devagar e sempre. A lebre decidiu descansar um pouquinho e acabou dormindo e a tartaruga passou a lebre e quando al ebre acordou a tartaruga já tinha ganho.

Moral da história:
Quem se acha, acaba perdendo.

”A tartaruga e a lebre”

Era uma vez uma tartaruga e uma lebre, a lebre era muito rápida e a tartaruga era muito lerda. Então, um dia, a lebre falou para a tartaruga se ela queria apostar uma corrida. No começo, a tartaruga disse não, mas a lebre insistiu tanto que a tartaruga disse sim!!!
Quando chegou no dia da corrida, a tartaruga e a lebre estavam lá, quando começou a corrida. A lebre saiu muito rápido e a tartaruga ficou para trás. Quando a lebre estava no meio da corrida a tartaruga estava no começo. Então a lebre decidiu parar para descansar. Ela dormiu e acordou, e a tartaruga nada. Então a lebre decidiu dormir mais um pouco. Nesse pouco, a tartaruga chegou ao meio da corrida, mas quando achou que já tinha perdido, ela viu a lebre dormindo, saiu correndo e ganhou a corrida quando ela cruzou a linha de chegada a tartaruga já tinha ganho.

O sapo colorido.
Era uma vez uma rã esperando seus filhotes, tinha nascido três, só faltava umpara nascer. Cinco dias depois, ele nasceu, era pequenininho, os irmão dele eram enormes.
O pai sapo não gostou nada disso.
A mãe ficou com tanta raiva e começaram a brigar. O sapinho piequenininho foi embora tão triste, ele achava que era de outra família, ficou procurando …procurando… não achou nada que resolvesse .
A mãe e o pai perceberam que ele tinha sumido. Eles procuraram …procuraram não adiantou começaram a chorar. O sapinho achou seus pais e sua mãe e ficaram feliz para sempre.

Moral: Nunca abandone os seus amigos, principalmente a família.

Oi tia Mara,

Eu vou contar uma fábula.

A formiguinha e o gafanhoto,

Era uma vez uma formiga muito trabalhadora, ela trabalhava no inverno todo.
No dia seguinte, um gafanhoto muito brincalhão foi perguntar para a formiguinha se ela queria brincar com ele.
– O,i formiguinha, você quer brincar comigo ?
E a formiguinha respondeu :
– Eu gostaria muito de brincar com você, mas é que eu tenho que trabalhar o inverno todo e eu acho que não vai dar para a gente brincar hoje .
E o gafanhoto falou :
– Tá, tudo bem,então eu brinco sozinho .
A formiga falou,então :
– Mas você não devia estar trabalhando também ?
Ele responde:
- Sim, mas depois eu trabalho .
– Tá bom! -a formiga responde .
Até que chegou o verão, e todos os animais tinham comida, menos o gafanhoto e ele pedia comida para a formiga.
– Formiga,formiga me dá comida ?
E ela respondeu não.

O cão e o gato

Num belo dia, um cão e um gato estavam passeando com seu dono, de repente o dono deles foi ao banheiro e apareceu um cão feroz para pegar o gato, ele saiu correndo do cão.
Então o dono saiu do banheiro e disse:
-Cadê meu gato?
O cão respondeu.
-Ele está fugindo de um cão super bravo.
Os dois forão atrás do cão bravo.
O cão foi na frente e alcançou os dois e eles começaram uma briga.
Um tempo depois, o dono deles chegou e o cão bravo perdeu.

MORAL:Sempre ajude os amigos.

Era uma vez um salmão que se achava o mais rápido de todo mundo.
Ele apostou uma corrida com a baleia.
E o salmão disse :
-Então me encontre na pista às 16h:30min.
E a baleia respondeu:
-Tudo bem.
Quando deu o horário, os dois estavam na pista.
E começou a corrida .
O salmão saiu na frente e a baleia foi devagar.
O salmão resolveu descamsar enquanto a baleia ia devagar.
E com o tempo a baleia passou o salmão .
E quando o salmão acordou a baleia ja tinha ganho a corrida.

Era uma vez um menino que nunca falava a verdade.
Um dia ele falou para os vizinhos que estavam assaltando a casa dele , os vizinhos foram até lá mas não tinha nenhum ladrão, então eles foram embora. O menino falou a mesma coisa para os vizinhos, desta vez eles não acreditaram. Moral: Não se pode mentir.

” A lebre e a tartaruga”

Era uma vez uma tartaruga e uma a lebre. A lebre decidiu apostar uma corrida com a tartaruga.
No dia seguinte, eles foram apostar a corrida.
A lebre saiu bem na frente e a tartaruga ficou bem atrás.
Quando a lebre chegou no meio, a tartaruga ainda estava no começo. Então, a lebre decidiu dormir e a tartaruga conseguiu passar ela. Quando a tartaruga estava cruzando a linha de chegada a lebre acordou e começou a correr, mas a tartaruga já tinha ganho a corrida.

O ratinho e o leão;

Era uma vez um ratinho safadinho.
Um dia o ratinho encontrou um leão e ele se gabava, achando que era o melhor da floresta.
No dia seguinte, o leão estava passeando na floresta, alguns caçadores estavam por perto.
Os caçadores viram o leão e armaram uma armadilha para ele.
Nessa hora o ratinho estava por perto.
O leão não viu a armadilha e caiu nela, o ratinho chegou e roeu as cordas antes que os caçadores chegassem.
Assim, os dois foram embora correndo, mas quando eles chegaram em um lugar mais seguro, o leão pediu desculpa para o ratinho e os dois ficaram amigos.

FIM

A Bela e a Fera:

Era uma vez uma menina que adorava ler.
Um certo dia, veio o cobrador e queria que o pai pagasse o imposto da casa, ele antigamente era rico, porque ele tinha vários navios. Um certo dia teve uma tempestade e o navio afundou com todas as suas riquezas e o pai ficou surpreso e tentou fazer um avião e toda a hora quebrava.
Um dia, o cobrador apareceu, falou que iria conseguir pagar o imposto, porque o navio não tinha afundado. Ele tinha coseguido passar pela a tempestade e estava em Madagascar, o pai ficou tão feliz que falou para as filhas pedirem um presente. As outras duas filhas pediram vestidos e jóias, a Bella pediu uma flor que tinha antigamente no jardim. O pai estava indo para Madagascar e viu que estavam correndo, um pai, uma mãe e seu filho. Ele seguiu em frente e desmaiou e apareceu num castelo e viu uma flor que sua filha pediu.
Um homem falou para ele trazer sua filha para ele. Ele falou para sua filha ir , porque senão fosse ele ia matá-la. Ela foi e viu um monstro e se apaixonou por ele, ele nao acrediatava, mas um dia ele percebeu que ele por dentro era um lindo homem.
Um certo dia ele se tornou um maravilhoso príncipe.

Fim

A lebre e a tartaruga

Um dia, a lebre queria fazer uma corrida com a tartaruga e falou:
– Nossa, vai ser muito fácil…
A corrida começou a lebre estava correndo muito rápido e a tartaruga ainda estava na linha da largada.
A lebre foi dormir um pouco e a tartaruga estava perto da linha da chegada e ela acordou desesperadamente.
A tartaruga ganhou o prêmio e a lebre aprendeu.

“O bobo da corte que mentia”

Era uma vez um bobo da corte que vivia mentindo e pregando peças nas pessoas.
Certo dia, haveria uma festa no castelo. Assim que a festa começou, o bobo da corte começou a mentir e a pregar peças nas pessoas, só que desta vez ninguém acreditou nele.

No meio da festa, o bobo da corte ficou com frio, foi ao Hall do castelo e acendeu a lareira, quando o bobo da corte acendeu o fósforo, o fósforo caiu no chão , e o castelo começou a pegar fogo. O bobo da corte foi ao salão de festas e gritou apavoradamente para o povo:
-O castelo está pegando fogo, o castelo está pegando fogo, saiam todos do castelo, ele está pegando fogo!!!!!!!!!
Só que ninguém acreditou no que o bobo da corte falou e continuaram dançando. De repente, o fogo começou a chegar no salão do castelo. Quando as pessoas viram o fogo começaram a gritar e saíram do castelo.
A partir desse dia, o bobo da corte nunca mais mentiu!

Moral: Nunca minta para as pessoas, porque senão elas nunca mais acreditarão em você.

O leão e o rato

Era uma vez um ratinho muito nobre que morava na floresta. Ele tinha muito medo de animais grandes principalmente do leão.
Um belo dia, o ratinho e o leão se encontraram, o ratinho achava que o leão ia comê-lo, mas quando o leão avançou, veio uma rede imensa em cima do leão. O leão ficou preso e pediu para o ratinho ajudá-lo.
O ratinho não poderia fazer isso sozinho, então pediu ajuda a seus irmãos.
Os ratinhos roeram a rede e soltaram o leão.
O leão pediu desculpa para o ratinho, e eles viveram felizes para sempre.

MORAL:Nunca julgue os outros pelo tamanho.

Oi, dedicada, querida, tia Mara.
A minha Fábula é: “A formiga e o gafonhoto”

Tinha uma formiga que só trabalhava muito, mas muito,
muito perto dali tinha um gafonoto que só comia.
A formiga trabalhava para sustentar ele no inverno.
Quando chegou o inverno, a formiga foi para sua casa.
Estava muito frio. O gafonhoto morreria de frio, ele implorou e a formiga disse que só se trabalhase, e o gafonhoto disse que sim.

Moral: Quem não trabalha sente frio.

Oi, tia Mara
E essa é a minha fábula: ´´A lebre e a tartaruga“

Um dia, a lebre, a maioral, a que corria mais rápido da floresta, criou um campeonato de corrida,mo vencedor iria ser premiado com um troféu bem grande.
Al ebre disse:
_ Quem vai ser o primeiro a me desafiar?!

E a tartaruga repondeu:
_ Eu vou te desafiar!

E a lebre disse:
_ Tudo bem!
A tartaruga disse:
_ Tá bom, hoje ás 12h:30min!

Quando chegou a hora a lebre colocou a sua luva e o juiz disse:
– Em suas marcas, preparar, já!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A lebre saiu em disparada enquanto a tartaruga ia bem devagar.
Quando a lebre estava lá na frente, se encostou e começou a descansar. mas ela dormiu demais e a tartaruga a passou, e ganhou a corrida.
Quando a lebre acordou, tinha perdido .

Moral da história : não se gabe antes de ganhar , e também não se gabe. até…
Beijos
Pietra

O pastorzinho mentiroso
Era uma vez um pequeno pastorzinho que cuidava de muitas ovelhas.
Um dia bem ensolarado o pastorsinho resolveu inventar uma mentira ,e ele foi até os moradores da pequena vila e gritou:
-Um lobo!Um lobo!
Os moradores acreditaram e foram correndo para ajudar e vi-
ram que era mentira e o pastorzinho riu:
-Há,ha,ha,ha.
E os moradores voltaram para a vila e o pastorzinho gritou nova- mente:
-Um lobo!Um lobo!
E os moradores voltarm para ajudar e viram que era mentira e o menino novamente riu:
-Ha,ha,ha,ha.
Depois, de repente apareceu um lobo de verdade e o pastorzinho gritou:
-Um lobo!Um lobo!
E os moradores não acreditaram e o pastorzinha aprendeu um boa lição que nunca deve mentir para os outros.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


  • Ana Beatriz: As fabulas devem transmitir boa imagem e só encontrei fabulas muito boas entaõ tia Mara acho que seus alunos se empenharam no trabalho e fizeram tud
  • Ana Beatriz: As fabulas devem transmitir boa imagem e só encontrei fabulas muito boas entaõ tia Mara acho que seus alunos se empenharam no trabalho e fizeram tud
  • Anna Beatriz: O pastorzinho mentiroso Era uma vez um pequeno pastorzinho que cuidava de muitas ovelhas. Um dia bem ensolarado o pastorsinho resolveu inventar

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: